Tradutor / Translate

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Tecnologia em Florianópolis: setor fatura R$ 4,3 bi e emprega mais de 17 mil

Um setor que emprega mais de 17 mil pessoas, fatura cerca de R$ 4,3 bilhões por ano e que apresenta os maiores índices de crescimento na comparação com outras regiões do país. Estes são alguns números que mostram o desenvolvimento do setor de tecnologia na Grande Florianópolis, que se consolidou nos últimos anos como a principal atividade econômica da região.


Segundo o estudo Acate Tech Report 2015, divulgado pela Acate (Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia) em conjunto com a Neoway, a Grande Florianópolis concentra 37% das 2.900 empresas de TI do Estado - à frente do Vale do Itajaí (28%) e do Norte catarinense (19%).
 Na comparação com outros 12 polos nacionais, a capital catarinense foi a que mais se desenvolveu no setor de tecnologia em 2015: 6,9% de crescimento naquele ano, enquanto o Brasil andou de lado, com uma leve queda de 0,1%. Ao considerar o faturamento médio, o polo de Florianópolis é o terceiro maior do Brasil, com R$ 4,7 milhões por empresa. Nesse quesito, a capital catarinense perde apenas para os polos tecnológicos de Campinas (SP) e Rio de Janeiro.
Outro dado do Tech Report mostra como a sociedade local já respira tecnologia: a cada 100 mil habitantes, 2.900 atuam em empresas de TI, a maior densidade do país - Manaus, a segunda colocada, tem uma proporção de 2.000 trabalhadores no setor a cada 100 mil habitantes.
"Temos um forte e diferenciado ecossistema de inovação e nosso sonho grande é, num período de 10 a 15 anos, tornar o setor de tecnologia a maior indústria do estado", aponta Daniel Leipnitz, presidente da Acate.
O otimismo se deve não somente ao número de novas empresas que surgem e crescem, gerando empregos e atraindo talentos à Capital, mas também em função de um ecossistema de apoio a novos empreendedores. São programas de capacitação, aceleradoras, incubadoras, rede de investidores anjo e fundos de capital de risco que formam um ciclo completo de desenvolvimento para quem pensa em criar sua própria startup.
A maioria das empresas de tecnologia estão concentradas no Norte da ilha, região autossuficiente e em alto desenvolvimento.
Os players do ecossistema de tecnologia e inovação em Florianópolis:
Programas de capacitação:
Sinapse da Inovação
StartupSC
Incubadoras:
MIDI Tecnológico
Celta
Aceleradoras:
Inove Senior
Link Lab ACATE;
Darwin Starter
Programas de acesso a capital, gestoras e fundos de investimento:
Rede de Investidores Anjo de Santa Catarina;
BRDE Inova;
Bzplan;
Cventures;
Criatec.
Centros de Inovação e Parques Tecnológicos:
ParqTec Alfa;
Centro de Inovação ACATE/Primavera;
Sapiens Parque;
Fonte: ndonline.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário