Tradutor / Translate

quarta-feira, 30 de maio de 2018

Florianópolis: história, belezas e tradição Açoriana

As ruas e construções de Florianópolis ainda guardam muitos traços da sua colonização açoriana… em destaque, se observa a arquitetura dos bairros mais antigos da cidade, como Santo Antônio de Lisboa, a Lagoa da Conceição e o Ribeirão da Ilha.

Presentes na religiosidade e no patrimônio histórico de suas comunidades, as simpáticas igrejas de Nossa Senhora da Conceição, Nossa Senhora da Lapa e a Catedral Nossa Senhora do Desterro atravessam centenárias e resguardadas as histórias dos habitantes da cidade, que por elas passaram grandes momentos e festividades.

A inserção da rica cultura vem da Ilha dos Açores, do arquipélago pertencente à Coroa portuguesa vieram as primeiras famílias a se instalarem em nossa região, cujos costumes se propagaram e são percebidos em sinais do estilo de vida do litoral catarinense.

Cultivadas pela pesca e a proximidade de comunidade ribeirinhas, já acostumadas do então estilo de vida também em ilhas, as então pequenas vilas se desenvolveram com a preservação de suas características: uma rua principal que tem por destino a beira do mar, uma igreja regional e a fundação de uma praça, de onde se espalham pequenas ruas paralelas.

Mas o encanto principal fica pela simplicidade e simpatia de suas moradias: casinhas geminadas, reproduzindo o padrão de suas fachadas retilíneas, as portas e janelas de madeira onde a vizinhança se aproxima para cultivar a amizade e ternura transmitidas por gerações.

Por isso, um passeio pelas vilas costeiras da cidade é um convite à descoberta e ao encantamento com suas acolhedoras atrações, uma grandeza culinárias e o reconhecimento de suas adoráveis tradições, costumes e estilo de vida.

terça-feira, 15 de maio de 2018

Florianópolis: um paraíso natural

Florianópolis, de fato, tem uma imensa diversidade natural: partindo de suas lindas praias, aos morros, lagoas e reservas ecológicas, onde também se encontram trilhas e caminhos surpreendentes. Dadas as características de cada região, do Norte ao Sul da Ilha se encontram paisagens simplesmente encantadoras.
Afinal, quem não perde o fôlego ao avistar a Lagoa da Conceição a partir de seu mirante? Igualmente surpreendentes, têm-se o luar no Morro das Pedras ou o pôr-do-sol em Santo Antônio de Lisboa… visuais únicos que trazem aos seus espectadores momentos de especial perplexidade.
Ao falarmos de praias, é difícil apontar com certeza uma favorita… seria a calmaria do mar, a familiaridade e a comodidade das praias do norte, a juventude e a agitação das praias de surf ou a imersão natural daquelas com acesso exclusivo por trilhas?
Aliás, trilhas não faltam! Desde as mais curtas e leves de serem concluídas às mais desafiadoras, seja pelo comprimento do percurso ou pelas íngremes subidas. Um convite, claro, à descobri-las nos finais de semana, desligar-se da rotina e renovar as energias, conhecendo mais de cada canto da cidade e desfrutando de toda a sua diversidade.
Viver entre atrativos tão fascinantes é um privilégio indescritível… não há forma melhor de descansar aos finais de semana que uma expedição aos tantos espaços naturais ou o repouso em uma das tantas praias, descarregando todo o estresse da rotina por um clima muito mais tranquilo e agradável.

Até no dia a dia por vezes contemplamos a imensidão natural que rodeia a cidade… a diversidade verde e azul que pode ser admirada nos trajetos entre compromissos já satisfazem aos olhos e tornam mais leves os afazeres, deixando a vida na Ilha o mais próximo de um paraíso natural.